terça-feira, 24 de março de 2015

FAMÍLIA BOLSONARO: PROJETO TORNA HEDIONDO O CRIME CONTRA A VIDA DE AGENTES DE SEGURANÇA PÚBLICA NO BRASIL. (Grande Passo).



COMUNICADO FLAVIO BOLSONARO

Rio de Janeiro, 24 de março de 2015.

Meus Amigos,

Entreguei ontem ao presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB/RJ), mais de 160 mil assinaturas de apoio a projeto de lei que torna hediondos os crimes cometidos contra as vidas de policiais e demais agentes da segurança pública. (leia e comente:


Cunha se comprometeu em dar urgência na tramitação da proposta, cuja redação deverá ser definida em reunião da bancada da segurança pública da Câmara hoje, e poderá ser votada no plenário ainda nesta semana.

Parabéns a todos que assinaram petições com o mesmo sentido, especialmente aos Policiais Militares que me receberam em seus batalhões e também participaram do abaixo assinado.

Agradeço ao Coronel PM Íbis, Chefe de Gabinete do Comandante-Geral da PMERJ, ao Deputado Eduardo Bolsonaro (PSC/SP) e à Cabo PM Flávia Louzada, que me acompanharam em mais esse passo em prol da segurança jurídica de que nossos agentes da segurança pública tanto necessitam para melhor atender à sociedade.

Atentar contra as vidas desses servidores é também atacar o próprio Estado.

FLÁVIO BOLSONARO

Deputado Estadual RJ

Para receber os comunicados do deputado estadual Flávio Bolsonaro (RJ), clique e inscreva-se gratuitamente. http://goo.gl/K9K55B

------------------------------------------------------------------------------------

REDES SOCIAIS:

DEPUTADO ESTADUAL - RJ / FLÁVIO BOLSONARO:

. FANPAGE FACEBOOK: Flavio Bolsonaro
. TWITTER: @FlavioBolsonaro
. INSTAGRAM: @FlavioBolsonaro

DEPUTADO ESTADUAL - SP / EDUARDO BOLSONARO:

. FANPAGE FACEBOOK: Eduardo Bolsonaro
. TWITTER: @BolsonaroSP
. INSTAGRAM: @BolsonaroSP

quarta-feira, 18 de março de 2015

ACOMPANHE OS ÚNICOS VERDADEIROS PERFIS DA FAMÍLIA BOLSONARO NAS REDES SOCIAIS.

Clique na imagem para ampliar.

. JAIR BOLSONARO (DEPUTADO FEDERAL / RJ)

- Twitter: @DepBolsonaro
- Fan Page (Facebook): Jair Messias Bolsonaro
- Instagram: @JairMessiasBolsonaro
- Home Page: www.bolsonaro.com.br

. EDUARDO BOLSONARO (DEPUTADO FEDERAL / SP)

- Twitter: @BolsonaroSP
- Fan Page (Facebook): Eduardo Bolsonaro
- Instagram: @BolsonaroSP
- Home Page: www.bolsonaro.com.br

. FLÁVIO BOLSONARO (DEPUTADO ESTADUAL / RJ)

- Twitter: @FlavioBolsonaro
- Fan Page (Facebook): Flavio Bolsonaro
- Instagram: @FlavioBolsonaro

. CARLOS BOLSONARO (VEREADOR / RIO DE JANEIRO - RJ)

- Twitter: @CarlosBolsonaro
- Fan Page (Facebook): Carlos Bolsonaro
- Instagram: @CarlosBolsonaro

sexta-feira, 13 de março de 2015

CARLOS BOLSONARO: PROJETO LIVRA ALUNOS DE INFLUÊNCIA PARTIDÁRIA ORIUNDA DE PROFESSORES.



ESCOLA LIVRE DE INFLUÊNCIA PARTIDÁRIA: 

A compreeensão da importância da política é o primeiro passo para a formação do cidadão consciente do seu papel na sociedade. Essa compreensão será formada através do conhecimento dessa ciência. Entretanto, segundo o vereador, Carlos Bolsonaro (PP), atualmente, muitos professores e autores de livros usam suas aulas e obras para influenciarem alunos a seguirem determinados pensamentos políticos ideológicos. A fim de evitar tal influência, o vereador apresentou à Câmara do Rio o Projeto de Lei 867/2014, que cria, no âmbito do Sistema de Ensino do Município, o ”Programa Escola Sem Partido”. 

O projeto estabelece a proibição da prática de doutrinação política e ideológica nas salas de aula e distribuição de conteúdos com ideias que possam conflitar com a moralidade dos alunos e pais. A iniciativa, segundo o autor, atende aos princípios de neutralidade política, ideológica do Município; de diversificação das ideias no ambiente acadêmico; de liberdade de aprender e liberdade de consciência; de reconhecimento da vulnerabilidade do estudante como parte mais fraca no aprendizado; de educação e informação do estudante quanto aos direitos quando se trata da sua liberdade de consciência; e de direito dos pais para que seus filhos não recebam uma educação moral diferente de suas próprias convicções. 

A matéria especifica que o professor, no exercício da função, não abusará da inexperiência e da falta de conhecimento dos alunos objetivando cooptá-los para esta ou aquela corrente política e nem adotará livros que tenham esse objetivo; não favorecerá nem prejudicará alunos em razão de seus ideais políticos, ideológicos, ou da falta delas; não estimulará os alunos a participarem de manifestações ou atos públicos, nem fará propaganda em sala de aula; quando tratar de questões políticas, sócio-culturais e econômicas, apresentará igualmente as principais versões, teorias, opiniões e perspectivas concorrentes; não criará atmosfera de intimidação em sala de aula, capaz de desencorajar a manifestação de pontos de vista discordantes dos seus, nem permitirá que tal aconteça por outros meios; e ainda, deverá abster-se de introduzir conteúdos que possam conflitar com as convicções morais dos estudantes ou de seus pais. 

Determina também, que os conteúdos morais dos programas das disciplinas obrigatórias deverão ser reduzidos ao mínimo indispensável para que a escola cumpra sua função essencial de transmitir conhecimento aos estudantes. Para isso, a Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro poderá promover a realização de cursos de ética do magistério para professores da rede pública de ensino, com o propósito de informar e conscientizar o educador sobre os limites éticos e jurídicos da atividade docente. 

O vereador diz que o projeto está em sintonia com o art. 2 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, que legisla sobre o preparo do aluno que no futuro se tornará um cidadão. ”O direito de ser informado sobre os próprios direitos é uma questão de cidadania e devemos informar os estudantes do direito que eles têm de não serem influenciados por seus professores”, defende o vereador.

< Link do projeto de lei 867/14:http://goo.gl/ZnTJHB
< Link da matéria na íntegra: http://goo.gl/mSLcKO

< (VEJA ONLINE - POR RODRIGO CONSTANTINO): Deputado Estadual/RJ Flávio Bolsonaro apresenta projeto de lei contra doutrinação ideológica nas escolas. http://goo.gl/JMA1gQ

REDES SOCIAIS:

- FACEBOOK: Carlos Bolsonaro
- TWITTER: @CarlosBolsonaro
- INSTAGRAM: @carlosbolsonaro

quinta-feira, 12 de março de 2015

PROIBIDA REVISTA ÍNTIMA DE PRESOS NO RJ. ENTENDA:



PROIBIDA REVISTA ÍNTIMA NOS PRESOS. OS VAGABUNDOS AGRADECEM!


Rio de Janeiro, março de 2015.

Foi aprovado ontem na Alerj, com o voto contrário do deputado estadual Flávio Bolsonaro, o Projeto de Lei nº 77/2015, que proíbe revista íntima de presos.

(assista seu pronunciamento sobre o assunto: http://youtu.be/zQRhsdClYDE)

De autoria dos deputados Marcelo Freixo (PSOL) e outros, esta lamentável iniciativa atende à população carcerária, e não à população ordeira do Rio de Janeiro, que sofrerá ainda mais com traficantes dando ordens em suas facções de dentro dos presídios e com extorsões mediante uso de celulares, que agora terão acesso facilitado, pois praticamente inviabiliza-se a identificação e apreensão de ilícitos devido à burocracia atribuída ao já escasso contingente de Agentes de Segurança Pública entre outros detalhes. 

Acesse o vídeo no youtube abaixo e tenha acesso a mais detalhes ouvindo o debate promovido na Rádio CBN entre os parlamentares; Flávio Bolsonaro e Marcelo Freixo (Partido Socialismo e Liberdade). http://goo.gl/scMDH6

Infelizmente em questionamento pós votação, o Governador Luiz Fernando Pezão (RJ), declarou que sancionará o projeto.

Sigo fazendo minha parte, lutando por direitos humanos para humanos direitos. No caso em tela, infelizmente, os vagabundos agradecem...

Veja como votou cada deputado estadual (RJ):
Clique na imagem para ampliar.
FLÁVIO BOLSONARO
Deputado Estadual-RJ

REDES SOCIAIS:

- Twitter: @FlavioBolsonaro
- Fan Page (Facebook): Flavio Bolsonaro
- Instagram: @FlavioBolsonaro
- Home Page: www.flaviobolsonaro.com.br

terça-feira, 10 de março de 2015

DE 2012, AINDA EM PAUTA, REFORMULAÇÃO DO CÓDIGO PENAL INCENTIVA AÇÕES DO MST (EXÉRCITO DO PT).


Discursos e Notas Taquigráficas

Orador: JAIR BOLSONARO 

Data: 19/04/2012 

O SR. JAIR BOLSONARO (PP-RJ. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, primeiro quero saudar o nosso Exército Brasileiro pelo seu dia. Sem a atuação dele nos momentos difíceis da nossa Nação, hoje não teríamos democracia. Parabéns ao Exército Brasileiro.

Sr. Presidente, na segunda-feira o MST invadiu, em Sarandi, o Laboratório Nacional Agropecuário. Os integrantes do movimento fizeram lá estragos irreparáveis. E o argumento é muito simples: dizem que a propriedade não estava cumprindo a sua função social. Abateram o gado que estava sendo utilizado para trabalhos técnicos, como o desenvolvimento de medicamentos, entre outras coisas. De acordo com o Superintendente Regional do Ministério da Agricultura, a produção de vacinas para a próxima campanha contra a febre aftosa será afetada. Com toda a certeza a credibilidade do rebanho brasileiro também será abalada, principalmente no exterior.

Sr. Presidente, o que é importante nisso? O que é muito importante? Nem vou dirigir-me ao movimento de desocupados e energúmenos do MST, que nada produzem neste País a não ser a violência contra o dinheiro público, invadindo propriedades públicas, mas aos meus colegas, em especial os da bancada ruralista e aqueles que estão preocupados com a produção em nosso País: está sendo gestada no Senado a reforma do Código Penal, que tem a ver com essa invasão, e o grupo responsável por esse trabalho, em sua maioria, não é composto, no meu entender, por notáveis juristas, e sim por notáveis petistas, alguns indicados pelo MST.

Por que estou dizendo isso? Nessa proposta eles estão criminalizando o terrorismo, tão comum e conhecido pelo pessoal que está no Governo, que o praticou largamente no passado. Se porventura um grupo de 100 pessoas invadir um laboratório de pesquisa como o de Sarandi, isso vai ser caracterizado como terrorismo. Contudo, há uma vírgula colocada por esse grupo de 16 juristas: exceto o praticado por movimentos sociais. 

Isso quer dizer que o MST vai poder continuar invadindo o que bem entender e não será crime! Essa atitude, se for de qualquer outro grupo, será considerada terrorismo, e a pena começa com 8 anos de cadeia; se for do MST, não! Ou seja, o Governo está criando duas legislações para crimes semelhantes. Daqui a pouco quem tiver a carteirinha de filiação ao PT vai poder cometer uma série de crimes que não serão considerados crimes. Não bastasse isso, o balão de ensaio da vez é o Governo querer legalizar a prostituição e a invasão também.

. ÍNTEGRA DO DISCURSO: http://goo.gl/uEn1LJ

- REDES SOCIAIS:

. TWITTER: @DepBolsonaro
. INSTAGRAM: @JairMessiasBolsonaro
. Home Page: www.bolsonaro.com.br

domingo, 8 de março de 2015

BOLSONARO E O DIA INTERNACIONAL DA MULHER: FATOS QUE DESMENTEM OS CANALHAS.

OS ATOS DE BOLSONARO MOSTRANDO A VERDADE AOS INOCENTES E DESMENTINDO OS IGNORANTES OU CHEIOS DE MÁ FÉ.

Clique na imagem para ampliar.

Diante de mais uma investida para sujar a imagem do deputado federal atribuindo-lhe rótulos (desta vez de atacar e desmerecer as mulheres) facilmente desmentidos quando realizamos pequena pesquisa na internet sobre veracidade dos fatos. Seguem algumas atitudes tomadas pelo parlamentar e verdades não divulgadas pela maioria da imprensa relacionadas ao mandato de Bolsonaro.

MULHERES DO BRASIL, PARABÉNS POR SEU DIA.




. BOLSONARO DESMENTE QUE TERIA DITO QUE MULHERES TÊM QUE GANHAR MENOS QUE HOMENS. http://goo.gl/bC5McG

. JAIR BOLSONARO (NOTA À IMPRENSA): "JAMAIS PEDIREI DESCULPAS À DEPUTADA MARIA DO ROSÁRIO." http://goo.gl/xEjFXP

. BOLSONARO DESMENTE COM ARGUMENTOS SIMPLES, DIFAMAÇÕES E RÓTULOS PROPOSITAIS ATRIBUÍDOS À SUA PESSOA ( Via Felipe Moura Brasil - Veja online). http://goo.gl/Gj3Lmt

. OLAVO DE CARVALHO: PSICOPATIA E HISTERIA (CASO BOLSONARO E MARIA DO ROSÁRIO - PT). http://goo.gl/kAOqpr

. CADÊ O RACISMO? - CASO PRETA GIL / BOLSONARO (NOVO E DETERMINANTE FATO JUDICIAL QUE A IMPRENSA NÃO DIVULGA). http://goo.gl/8QLkM5


Clique na imagem para ampliar.
Segundo estatísticas, cerca de 50 mil assassinatos são cometidos por ano no Brasil e, 10% acontecem por motivos passionais.

A cada 10 assassinatos por motivos passionais, 7 são cometidos por homens.

A demagogia dos grupos LGBTs é quebrada quando tentam criar leis específicas para se transformarem numa super classe. Todos somos iguais perante a lei e, neste caso, a quantidade de mulheres heterossexuais mortas por homens é infinitamente maior do que provenientes de relações homossexuais, o que por si só já justificaria a criação de legislação para defender a mulher anteriormente do que defender o homossexual. Mesmo assim fomos além, com propostas que priorizam o combate a um problema real que assola nosso país. Desenvolvemos projeto em defesa de todos os cidadãos, independentemente de sua opção sexual, pois qualquer ser humano desprovido de maldade e intenções políticas demagogas sabe que quando homossexual mata homossexual, não há homofobia , mas, possivelmente, um crime passional a ser investigado.

Combater a covardia de crimes cometidos por motivações passionais faz-se necessário para o verdadeiro enfrentamento ao cometimento de crimes no Brasil.

< Veja o projeto de lei 5242/13: http://goo.gl/LCJpfc


"EXISTE UMA GRANDE DIFERENÇA ENTRE A MAIORIA DOS ATIVISTAS ENGAJADOS POLITICAMENTE E O SER HUMANO, SUA PRINCIPAL; O CARÁTER."

segunda-feira, 2 de março de 2015

BOLSONARO DESMENTE QUE TERIA DITO QUE MULHERES TÊM QUE GANHAR MENOS QUE HOMENS.

Assista aos 2min e 35 seg da entrevista em que Bolsonaro fala sobre o tema.

O deputado federal Jair Bolsonaro (RJ) é entrevistado pelo jornalista João Kleber (REDETV) que, quebrou seu tom humorístico para realizar entrevista esclarecedora e séria com o parlamentar do RJ. Bolsonaro é direto e objetivo quebrando mais uma vez os rótulos que atribuem à sua pessoa, como por exemplo; defender que mulheres ganhem menos que homens. Vamos aos fatos!

Assista a íntegra da entrevista: http://goo.gl/Km7Tau

"OS MAL INTENCIONADOS UTILIZANDO OS INOCENTES NOVAMENTE."

- REDES SOCIAIS:

. FACEBOOK: Jair Messias Bolsonaro
. TWITTER: @DepBolsonaro
. INSTAGRAM: @JairMessiasBolsonaro
. Home Page: www.bolsonaro.com.br


segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

FAMÍLIA BOLSONARO DESENVOLVE PROJETO QUE TRANSFORMA EM CRIME HEDIONDO O ASSASSINATO DE AGENTES DE SEGURANÇA PÚBLICA.






BASTA DE POLICIAIS ASSASSINADOS:



Projeto de lei elaborado pelo deputado estadual (RJ) Flávio Bolsonaro e sua equipe, com o apoio do Vereador Carlos Bolsonaro (Rio de Janeiro - RJ), transforma o assassinato de Agentes de Segurança Pública em crime hediondo, além de outros tópicos tocados. O mesmo será apresentado esta semana pelo deputado federal (RJ) Jair Messias Bolsonaro no Congresso Nacional. 


Com o enrijecimento da legislação pretendemos garantir que o atual medroso Estado seja menos desrespeitado e que nossos bravos servidores consigam realizar suas funções em paz.

Segue o teor da matéria:
----------------------------------------------------------------------

"Projeto de Lei Nº , de 2014 

Dá nova redação a dispositivos do Decreto-Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940 - Código Penal e da Lei nº 8.072, de 25 de julho de 1990, que dispõe sobre crimes hediondos. 

"O Congresso Nacional decreta: 

Art. 1º. O § 2º do art. 121, do Decreto-Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940, passa a vigorar acrescido do seguinte inciso VI: 

“Art. 121. ................................................................ 
(...) 
§ 2º.......................................................................... 
(...) 
VI - contra as vidas de servidores da segurança pública, tanto no exercício de suas funções como em razão de suas atividades, ou, ainda, contra seus familiares por consequência do grau de parentesco com o servidor." 

Art. 2º. O inciso I do art. 1º, da Lei nº 8.072, de 25 de julho de 1990, passa a vigorar com a seguinte redação: 

"Art. 1º. ..................................................................... 

I - homicídio (art. 121), quando praticado em atividade típica de grupo de extermínio, ainda que cometido por um só agente, e homicídio qualificado (art. 121, § 2º, I, II, III, IV, V e VI);" 

Art. 3º. Esta lei entra em vigor na data de sua publicação." 

Brasília, 1º de novembro de 2014.
-----------------------------------------------------------------------


Assine a petição pública de apoio ao projeto de lei. http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR77637

. ACOMPANHE O TRABALHO DE CADA PARLAMENTAR NAS REDES SOCIAIS:

. DEPUTADO ESTADUAL (RJ) FLÁVIO BOLSONARO:

- FACEBOOK FANPAGE: FLAVIO BOLSONARO
- TWITTER: @FLAVIOBOLSONARO
- INSTAGRAM: @FLAVIOBOLSONARO

. DEPUTADO FEDERAL (RJ) JAIR BOLSONARO:

- FACEBOOK FANPAGE: JAIR MESSIAS BOLSONARO
- TWITTER: @DEPBOLSONARO
- INSTAGRAM: @JAIRBOLSONARO
- SITE: WWW.BOLSONARO.COM.BR

.VEREADOR CARLOS BOLSONARO (RIO DE JANEIRO - RJ):

- FACEBOOK FANPAGE: CARLOS BOLSONARO
- TWITTER: @CARLOSBOLSONARO
- INSTAGRAM: @CARLOSBOLSONARO
- SITE: WWW.CARLOSBOLSONARO.COM.BR


quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

FLÁVIO BOLSONARO: AS DROGAS, A POLÍCIA E O QUE QUEREMOS PARA NOSSOS FILHOS.


Se a moda pega

TEMA EM DISCUSSÃO: Política de drogas no Brasil
POR OUTRA OPINIÃO / FLÁVIO BOLSONARO
Jornal O Globo (18/02/2014)

Parabéns aos policiais pela prisão, por tráfico de drogas, de um professor que cultivava nada menos que cinquenta pés de maconha em sua residência. Quadro que se agrava pela nobreza de sua profissão, composta de profissionais formadores de opinião e vitais ao desenvolvimento do país. Cumpriram a lei e deram exemplo à sociedade. Imagina se a moda pega e todo mundo resolve plantar maconha em casa alegando ser para consumo próprio?

Pesquisas mostram que a maconha é apenas a porta de entrada para outras drogas mais pesadas. Quem passa pela tristeza de ter um dependente de drogas na família pede força a Deus todos os dias para enfrentar uma difícil cruzada e tentar libertar seu ente querido desse mal. Não conheço nenhum pai ou mãe que tenha orgulho de dizer: “Meu filho é drogado!”

Se eu não quero para meus filhos, por que serei favorável para os filhos dos outros? A maconha é uma droga que traz danos permanentes à saúde, ao sistema nervoso, em especial se usada durante a adolescência.

Em muitas pessoas seus efeitos sequelantes são visíveis, tais como lentidão de raciocínio, dificuldade com a fala e desconcentração. Para a medicina, o uso da maconha potencializa doenças como ansiedade, depressão, esquizofrenia, bipolaridade e câncer.

Sua liberação ou legalização resultaria em efeitos desastrosos e irreversíveis na sociedade, nas famílias e, principalmente, no falimentar sistema de saúde brasileiro. E quem pagaria a conta? A maioria esmagadora de contribuintes que não fumam. A rede de saúde ficaria ainda mais assoberbada com o inexorável aumento do número de dependentes, estimulados pela facilidade de acesso. O álcool é a droga que mais mata exatamente porque é liberado.

Há os que evocam a legalização da maconha como instrumento para acabar com o tráfico de drogas. Inocentes úteis ou oportunistas! Do ponto de vista do mercado, com a alta carga tributária, os elevados custos trabalhistas e a péssima infraestrutura que assolam hoje toda a cadeia produtiva do Brasil, o preço final da maconha seria muito maior que o praticado atualmente, o que aumentaria a procura pela mercadoria mais barata no mercado paralelo. Além do mais, quem falou que traficante só vende maconha? Eles agradecem pela valorização da “carreira”!

Os benefícios de determinada substância extraída da Cannabis não se confundem com o uso terapêutico da maconha fumada. Tentar ludibriar a opinião pública com essa falácia é má-fé e atende a interesses menores, e não aos de pessoas doentes, que só conseguem melhorar seus quadros clínicos com o uso dessa substância. E, obviamente, ela não é administrada mediante o fumo.

Se a pessoa acredita que não sofre nenhuma sequela pelo uso da maconha, é porque nunca refletiu sobre como estaria muito melhor se não o fizesse. Quem diz não sou eu, é a medicina.

Flávio Bolsonaro é deputado estadual (PP-RJ)

Link da matéria no jornal: http://oglobo.globo.com/opiniao/se-moda-pega-15338819

REDES SOCIAIS:

- FanPage Facebook: Flávio Bolsonaro
- Twitter: @FlavioBolsonaro
- Instagram: @Flaviobolsonaro

domingo, 25 de janeiro de 2015

FALTA D'ÁGUA NO BRASIL: SÃO PAULO, RIO DE JANEIRO E A NATALIDADE.



< POPULAÇÃO NO MUNDO:

. 1987 – 5 bilhões de habitantes

. 1998 - 6 bilhões de habitantes

. 2011 – 7 bilhões de habitantes

< POPULAÇÃO NO BRASIL:

. 1987 – 140 milhões de habitantes

. 1998 – 165 milhões de habitantes

. 2011 – 195 milhões de habitantes

- A cada ano o Brasil aumenta mais de 2,5 milhões de habitantes.

- 20% dos partos no Brasil são em meninas entre 10 e 19 anos.

- Por ano, a capital de São Paulo, agrega 150.000 novos habitantes.

- Por ano, a capital do Rio de Janeiro, agrega 40.000 novos habitantes.

Apenas economizar ou racionar o uso de água não será suficiente para as necessidades humanas. Precisamos, urgentemente, de uma política de planejamento familiar. A Proposta de Emenda à Constituição 584/2002 do deputado federal Jair Bolsonaro facilita a realização de cirurgias de laqueadura e vasectomia, aos que queiram fazer. 

Eleitos deputados federais em seus Estados, Jair e Eduardo Bolsonaro, respectivamente no RJ e SP, discutirão e exposição desta matéria, que ganhará ainda mais força no Congresso Nacional. Já Flávio Bolsonaro, que é deputado estadual pelo Estado do Rio de Janeiro, desde seu primeiro mandato, dá prioridade ao envio dos recursos de seu orçamento individual para a Secretaria de Saúde, com a finalidade de ampliar da quantidade de cirurgias de laqueaduras e vasectomias a serem realizadas na Rede de Saúde Pública de seu Estado. 

Além disto, o jovem parlamentar fluminense é autor das leis estaduais 4916/06 e 5646/10, que versam sobre este tema, criando mecanismos para a ampliação e explanação do assunto hora exposto.

Já o vereador carioca, Carlos Bolsonaro como vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro, defende estas bandeiras entre seus colegas e, anualmente destina valores expressivos de seu orçamento individual para a ampliação de realização de laqueaduras e vasectomias em seu município.

Saiba mais nas Redes Sociais abaixo:

. DEPUTADO ESTADUAL (RJ) FLÁVIO BOLSONARO:

- FACEBOOK FANPAGE: FLAVIO BOLSONARO
- TWITTER: @FLAVIOBOLSONARO
- INSTAGRAM: @FLAVIOBOLSONARO

. DEPUTADO FEDERAL (SP) EDUARDO BOLSONARO:

- FACEBOOK FANPAGE: EDUARDO BOLSONARO
- TWITTER: @BOLSONAROSP
- INSTAGRAM: @BOLSONAROSP

. DEPUTADO FEDERAL (RJ) JAIR BOLSONARO:

- FACEBOOK FANPAGE: JAIR MESSIAS BOLSONARO
- TWITTER: @DEPBOLSONARO
- INSTAGRAM: @JAIRBOLSONARO
- SITE: WWW.BOLSONARO.COM.BR

.VEREADOR CARLOS BOLSONARO (RIO DE JANEIRO (RJ):

- FACEBOOK FANPAGE: CARLOS BOLSONARO
- TWITTER: @VERBOLSONARO
- INSTAGRAM: @CBOLSONARO
- SITE: WWW.CARLOSBOLSONARO.COM.BR