quarta-feira, 1 de junho de 2011

JAIR BOLSONARO X CHICO ALENCAR E O MOVIMENTO LGBT.

TRANSCRIÇÃO DO ÚLTIMO COMUNICADO DO DEPUTADO FEDERAL JAIR BOLSONARO.


COMUNICADO Nº 217
Brasília, 1º de junho de 2011

UMA VITÓRIA DOS BONS COSTUMES, DA FAMÍLIA E DOS CRISTÃOS

Iniciei, sozinho, a luta contra a distribuição do kit-gay, material composto por vídeos, cartazes e cartilhas e que sob o rótulo de material “didático” seria destinado para a garotada do 1º Grau. Foi uma luta desigual que fez com que me sentisse como um infante num campo minado recebendo fogos de todos os lados.

Vencemos e quero agradecer a todos que me apoiaram nesta causa que tinha como objetivo a defesa dos bons costumes, da família e dos cristãos.

Nesse período, superior a 6 meses, fui duramente atacado com ofensas, injúrias, infâmias e até mesmo calúnias. Ressalto, entretanto, que o pior de tudo foi ter sido chamado de mentiroso pelo Deputado Chico Alencar, do PSol/RJ. Em minha defesa, peço encarecida e tão somente que assistam o vídeo do link abaixo e o repassem para o maior número de pessoas a fim de que fique comprovado quem é o mentiroso. 

Todos que apoiaram, inclusive financeiramente, a confecção do kit-gay, devem ter seus atos divulgados para serem julgados. As ideias e ações desse deputado do PSOL têm que ser de conhecimento público.

Hoje estive presente na manifestação, realizada à frente do Congresso, na qual evangélicos, católicos e adeptos de outras crenças e religiões, tendo à frente o Pastor Silas Malafaia, manifestaram suas convicções contra o PLC nº 122 que, a pretexto de combater homofobia, diferencia os homossexuais, em contradição com o previsto na Constituição, transformando-os numa categoria com inúmeros privilégios, induzindo a sociedade a entender que ser gay é motivo de orgulho e merecedor de proteção do Estado. Acesse o pronunciamento do Pastor Malafaia hoje na rampa do Congressohttp://youtu.be/pISoSYDWIA8

Cordialmente,

JAIR BOLSONARO
DEPUTADO FEDERAL / RJ

25 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Deputado Jair Bolsonaro eu tenho orgulho de ser Brasileiro quando uma pessoa sensata e com firmeza nas palavras como o senhor começa a discursar, eu sou fã do Senhor! São pessoas como o senhor que mostram que o Brasil ainda tem solução. Eu sou do Espírito Santo e o admiro, em todos os lugares eu falo o seu nome, falo que sou o seu fã e que o Senhor deveria ser Presidente da República e não só Deputado.

    saliel Lopes Pereira ES

    ResponderExcluir
  3. Não tenho nem palavras para falar do Deputado bolsonaro, pois ele é um parlamentar que verdadeiramente briga pelos direitos das famílias, acho que todos deveriam se unir para apoiar pessoas como: Jar Bolssonaro, Silas Malafaia, Magno Malta, esses três unidos ninguém segura.

    Aqui eu posto a comunidade que apoia Jair Bolssonaro como Presidente da República na qual eu sou o dono, entrem e participem para apoar esse homem que apoia as famílias brasileiras: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=113738204

    ResponderExcluir
  4. Tem a minha TOTAL Admiração, Família Bolsonaro!!!

    Parabéns!!!! xD

    ResponderExcluir
  5. Ontem fui vítima da Gaystapo: passei o abaixo-assinado para minha lista de emails, 15 dias depois alguém me mandou um email cheio de fotos de supostos gays arrebentados, dizendo que eu deveria mudar de opinião, que sou ignorante, Hitler, homofóbico, nazi, enrustido, etc. Ela disse também que 100% dos criminosos do Brasil eram heteros. Essa pessoa vasculhou toda a internet para achar o meu email e me importunar. A Gaystapo me achou.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  7. DESAFIO OS LGBTS A COLOCAREM AQUI AS REAIS ESTATÍSTICAS, VOU COLOCAR UMA: Por ano, são assassinados 122 homossexuais, ou 1 a cada três dias, conforme alegação do sr. Luiz Mott. Em contraste marcante, por ano são assassinados 50 mil brasileiros, 414 a cada três dias, ou 138 por dia. Isso significa que o número de brasileiros mortos por dia é maior do que o número total de homossexuais mortos por ano, indicando, nas palavras de Solano Portela, que “a melhor forma de escapar neste país é virar gay".

    A maioria dos homossexuais assassinados é de travestis, conforme Oswaldo Braga, presidente do Movimento Gay de Minas, que declarou: “São homossexuais que estão mais envolvidos com a criminalidade, como prostituição e tráfico de drogas, ficando mais expostos à violência”. (Tribuna de Minas, 09/03/2007, p. 3.)

    Não se sabe o motivo por que travestis e outros homossexuais, que escolhem ambientes de criminalidade e prostituição, não sofrem uma proporção muito maior de assassinatos.
    Embora as vítimas homossexuais não cheguem nem a 1% dos 800 mil brasileiros assassinados, elas se tornaram a estrela principal do “show”. É como se os homossexuais é que somassem 800 mil vítimas, e todos os outros brasileiros não passassem de 2 mil assassinados.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  9. Gente, tá mais claro do que água. Tanto o Chico Alencar trabalha em função de gay que ele levou aquele EX-BBB JEAN WYLLYS pra ser deputado e este EX-BBB só fala na causa gay lá na câmara o tempo inteiro. Ele não se preocupa com educação, saúde, moradia, saneamento básico, emprego, economia, nada, só fala nos 2% de gays que há no Brasil e que eles são a coisa mais preciosa da humanidade e que a gente deveria construir uma redoma de cristal para que eles vivam lá dentro.

    ResponderExcluir
  10. Vamos dar a resposta a esses políticos desestabilizadores nas urnas! Nas próximas eleições diga NÃO À CHICO ALENCAR, MARTHA SUPLICY, MARINOR BRITO, MARIA DO ROSÁRIO, JEAN WYLLYS, MANUELA D'ÁVILA e a todos os parlamentares inimigos da família e vamos dar SIM À FAMÍLIA BOLSONARO!

    ResponderExcluir
  11. Sou Lésbica, e quero ser respeitada como qualquer cidadão brasileiro. Ridículo tentarem vetar os nossos direitos ! Pois respeitamos todos os Heteros... Não precisamos de "kit-gay" nas escolas, precisamos de respeito !

    ResponderExcluir
  12. Chico Alencar é somente um de vários mentirosos. Obrigado Bolsonaro por dar a cara à tapa pra que esse tipo de verdade venha à tona pro povo brasileiro.

    ResponderExcluir
  13. Olá. Sugiro a colocação do campo "seguidores" que é disponibilizado pelo blogger. E se possível um contador de visitantes também. Abraço.

    ResponderExcluir
  14. Parabéns Deputado, sabemos apesar da TV record não ter citado seu nome como o maior interessado nessa luta, que o mérito é seu. Mas a união faz a força...também.

    Isso está acontecendo também:

    "Escândalo: Alunos do Acre são trancados em salas de aula e obrigados a assistir aos vídeos do kit gay"

    Fonte: http://networkedblogs.com/iHhun

    ResponderExcluir
  15. Deputado Jair me oriente como entrar na justiça contra a escola da minha filha se esta tentar obrigá-la a assitir o filme de incentivo a Homossexualidade

    ResponderExcluir
  16. E Muito Triste...!!! O Problema e que ai no Brasil...Nossas Forças Armadas (Marinha...Exercito...Aeronautica) estao Sucateadas e Desmoralizadas...!!! Nossas Policias Civil e Militar...sobem o Morro e Enfrentam Bandidos muito bem Armados...Arriscam suas Vidas.. e ganham um Salario de Merda...Agora so Faltava Essa..Estao jogando Corporaçao contra Corporaçao e principalmente tratando a Gloriosa Corporaçao do Corpo de Bombeiros como Bandidos...!!! A QUEM ..realmente interessa desestabilizar nossas Forças Armadas...!!!!O Ex Presidente LULA esta puxando o Saco de Fidel Castro E Chavez...Para que isso...??? Enquanto isso no Pais das Maravilhas...o assunto e Verba para Estadios da Copa do Mundo...enquanto Morrem Brasileiros todos os Dias sem atendimento Medico nos Hospitais...!!! Alem do que Gastam tambem Fortunas para Fazer Campanhas dos Gays e da Viadagem em Geral...enquanto isso os Professores das Escolas Brasileiras estao abandonados. Viva o Brasil....CAMPEAO MUNDIAL DE FUTEBOL DE 2014....!!!!

    ResponderExcluir
  17. - Eu sugiro que, os movimentos de grupos homossexuais do mundo todo, se juntem façam reuniões e decidam formarem uma nação Homo em algum lugar da terra e se mudem para lá, façam suas leis e vivam felizes sem ninguém para os importunar.
    Sugiro até que isso seja apoiado pela Onu e o restante do mundo de sua contribuição para esse grande passo para a Nação Homo Mundial. Ai,quem é simpatizante ou tem filhos, amigos, ou algum tipo de relação com eles, poderiam visitá-los sem problema algum, e sabendo que estão lá felizes.

    Eu acho que, se estão incomodados com o mundo hetero deveriam ir embora para lá.
    Essa é só uma idéia a ser aperfeiçoada, pensem nisso!

    Família Bolsonaro, parabéns e continuem assim, nos lares brasileiros saibam que estamos felizes por termos grandes homens como voces a nos defender
    Obrigadao!

    ResponderExcluir
  18. Bolsonaro, querido! Artigo do Olavo de Carvalho:

    http://gracaplena.blogspot.com/2009/11/se-lhe-chamarem-de-homofobico-processe.html

    Chamar alguém de homofóbico só por expressar uma opinião contra a prática homossexual é ilegal, é um insulto, uma injúria.

    Atenção nesse trecho:

    "“Homofóbico” é termo que só pode ser usado de maneira descritiva e neutra quando referido estritamente aos criminosos que o dr. Weinberg tinha em vista ao cunhar a expressão. Aplicado a quaisquer outras pessoas, é propositadamente pejorativo e insultuoso. Foi calculado para ferir, humilhar, rebaixar, intimidar – e, pior ainda, para fazer tudo isso com base na inflação metafórica de um termo médico que nem mesmo na sua acepção originária correspondia a uma realidade comprovada. Não é só um insulto. É um insulto e uma fraude. Mas, uma vez que o uso repetido tenha dessensibilizado o público de modo a que ele não perceba a fraude, passa-se à etapa seguinte do embuste: associada a mera expressão racional de opiniões a uma conduta psicopática e assassina, trasmuta-se o sentido metafórico em sentido literal, e a suposição insultuosa se torna prova do crime: toda e qualquer objeção às exigências do movimento gay será punida com pena de prisão."

    ResponderExcluir
  19. @Cem: Dizer que não há mais mortes entre gays que entre heterossexuais fere o bom senso. Ninguém é morto por NÃO ser gay, mas agressões a gays pelo só fato de serem gays (i.e., por homofobia) são constantes.

    Poderia até ser que o número de homicídios por motivos homofóbicos não fosse significativo, mas o fato de estatísticas alarmantes terem sido chanceladas pela ONU é algo a se considerar. Minimizar esse problema é brincar de faz-de-conta.

    ResponderExcluir
  20. BOLSONARO PARA PRESIDENTE

    CHEGA DE POUCA VERGONHA, BOLSONARO PARA PRESIDENTE!!!!!!

    ResponderExcluir
  21. PRECISAMOS DE MAIS DEPUTADOS COMO VC PARA ACABAR COM ESSA PALHAÇADA EM NOSSA TERRA AMADA

    ResponderExcluir
  22. Homofobia foi definida como temor e ódio irracional aos gays, compreendido como causa de crimes de homicídio contra os gays, criado pelo psiquiatra George Weinberg, no livro Society and the Healthy Homosexual (New York, St, Martin’s Press, 1972). Ou seja, estava sendo estudado contra violência assassina contra os homossexuais. Então ele lança esse conceito homofobia que seria o ódio contra o sujeito, por motivo de opção sexual e que o induz ao homicídio. Esse conceito corresponde a uma realidade mesmo nesses casos de homicídio? Corresponde à uma entidade clínica identificável?
    Agora, mesmo antes de comprovar se existe homofobia no sentido literal do termo, eles fazem a ampliação metafórica, todo mundo que tem alguma coisa contra o homossexualismo, ou até que tenha algo contra o movimento gay. Eu não me lembro de ter falado algo contra o homossexualismo, bissexualismo, trissexualismo, tetrassexualismo, ou qualquer sexualismo que exista ou qualquer outra prática existente ou inexistente ou que ainda vão inventar, porque simplesmente eu não me meto na vida dos outros. Ficar falando o que fazer ou não fazer na cama, ora. Isso não é da minha conta e respeito a vida particular das pessoas.
    Agora, falo contra o movimento gay enquanto ideologia, enquanto forma de poder. Isto basta para você ser chamado de homofóbico. Isso é a ampliação metafórica na qual você dá a conotação metafórica a uma simples ideia política. Se passar essa lei, daqui a pouco o sujeito pode ser preso como homofóbico porque ele tem uma oposição ideológica contra o movimento gay. Isso então é considerado homofóbico. Isso para proteger gays? Vamos colocar as coisas em pratos limpos, me mostre um único caso de uma pessoa que assassinou um gay por motivos de fé religiosa, quer dizer, o sujeito amava tanto a Jesus Cristo que assassinou o gay, não tem. Então, qual a relação de causa e efeito entre a fé religiosa, a oposição religiosa contra o homossexualismo e os crimes cometidos? Não há relação alguma. Então isso é uma fraude verbal, feita para que? Feita para pegar um determinado grupo político e conferir a ele um poder de polícia extraordinário, porque o número de ratos que querem ser políticos com essa lei é fantástico, quer dizer esse pessoal vai sair prendendo gente adoidado. Não pensem que eles não vão fazer, porque já faz parte desse movimento gay a ambição de poder ilimitada, e a convicção gnóstica de que eles são superiores.
    O mito da superioridade homossexual existe à séculos e no nosso século houve pelo menos três grupos gnósticos. Esses grupos eram convencidos da superioridade espiritual da homossexualidade. Eles cultivavam isso como se fosse um segredo exotérico mas eles tinha a certeza de que aquilo que para eles era exotérico se tornaria popular e crença geral nas gerações seguintes e isto está de fato acontecendo. Nós estamos aí entrando numa religião gnóstica da superioridade gay. Esses caras se acreditam habilitados em como devemos educar nossas criancinhas. Se sentem habilitados a entrar em nossas casas e ensinar práticas homossexuais às crianças. Aliás habilitados a fazer tudo isso de uma maneira tão facista, porque agora você vê, agora o empenho para iludir as pessoas que a relação gay é igualzinho a uma relação de papai e mamãe com a familinha.
    Quem passa na Vieira de Carvalho em São Paulo, você vai ver aquele bando de homens fazendo a volta no quarteirão para entrar num cinema gay, 20m x 20m e olhe lá. Pergunta pra um gay o que que ele chama de navio negreiro. Navio negreiro eram aqueles homens que iam tudo dentro de uma sala, 40, 50, para transar com pessoas que eles nunca viram e isto não é uma coisa anormal dentro da comunidade gay, todo mundo sabe disto. O que os caras vão fazer na sauna gay, procurar uma noivinha pra casar?
    Veja, na conduta heterossexual existe uma diferença muito nítida, existe uma fronteira nítida entre o que é relação matrimonial e o que é gandaia.
    CONTINUA......

    ResponderExcluir
  23. Os propagandista do movimento gay querem nos fazer crer que toda essa gandaia deles é uma relação matrimonial. Não existe a gandaia, não existe a suruba gay, não existe navio negreiro, é tudo uma coisa respeitável. Porque que tudo que eles fazem é respeitável? Entre os heterossexuais tem uma parte que é respeitável e a outra que nós sabemos que é sem vergonhice. Agora vocês não, vocês quando vão na sauna, com 50 homens pelados fazendo o diabo lá dentro nós temos que acreditar e as nossas crianças vão ser educadas à acreditar, que isto é uma relação matrimonial, sacrossanta, respeitável.
    Se existe a distinção entre o que é moral e o que é imoral para os heterosexuais, tem que haver também na relação gay. Não venham dizer que toda relação gay é moral e sacrossanta, não.
    Quer dizer, um homem casado, está transando com sua esposa, está fazendo a coisa certa. Agora, se ele sai com a mulher do vizinho, a mulher do quarteirão, todo mundo sabe que ele é um sem vergonha. Agora, e o gay? Nada do que ele faz é sem vergonhice, tudo sacrossanto.
    Eles querem nos fazer crer que toda esta putaria é uma relação homossexual familiar, respeitável que pode ser ensinado às criancinhas. Então, as pessoas estão tão estupidificadas que não percebem a nuance das coisas.
    Ora, vocês acham que toda relação heterosexual, toda e qualquer, é respeitável? Eu espero meu amigo sair de casa, pulo o muro e como a mulher dele. Isso é respeitável? Não, não é respeitável.
    Agora, e as relações gays, são todas respeitáveis? Não, não são todas respeitáveis. Mas eles estão nos impondo todas, como se fossem dignas, e nenhuma delas nós podemos falar "isso é um crime, é uma sem vergonhice", quem faz isso é um criminoso.
    O meu direito é o direito de liberdade de consciência, e o seu é a liberdade de trepar com quem você quer. O seu é um prazer, a liberdade de consciência é uma necessidade essencial e o prazer não. Se você for desprovido de satisfação sexual você sente uma baita incomodidade, é claro, mas se você for desprovido da liberdade de consciência você perde a razão de viver. Então não pode nivelar as duas coisas.
    Primeiro o nosso direito, primeiro o direito de liberdade de consciência, isso inclui a liberdade religiosa, depois veremos, o direito dos gays ou dos heteros. Qualquer direito sexual é secundário em relação a isso. Será que é muito difícil de entender isso?

    Fonte: Olavo de Carvalho, filósofo

    ResponderExcluir
  24. Olá, amigo Jair Bolsonaro.

    Em primeiro lugar eu quero lhe parabenizar pela sua garra e determinação. E quero lhe dizer que vc conquistou a simpatia de muitíssimos cristãos Brasileiros pelo seu transparente trabalho.

    Conte comigo como cidadão Brasileiro que também contribui para a política do nosso Breasil.

    Aldo Santos - Blog o guarda de Israel

    ResponderExcluir