segunda-feira, 22 de agosto de 2011

APELO AOS VEREADORES DE TODO O BRASIL.


Caros Colegas Vereadores; 

    Graças a luta de poucos parlamentares e forte pressão popular, o kit anti-homofobia ou “kit-gay 1” que continha filmetes pornográficos infantis que seriam passados inclusive nas escolas primárias do Brasil inteiro foi retirado de pauta por determinação da presidência da República. Infelizmente após vencermos esta batalha nos deparamos com nova emboscada proposta pelo mesmo governo que de maneira sorrateira a exemplo da elaboração do “kit-gay 1”, elaborou agora o “Kit-Gay 2” nominado de Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais), no qual estão contidos 180 normas a serem seguidas pelos estados e municípios do Brasil.

   O Rio de Janeiro foi o pioneiro em seguir estas diretrizes criando o estágio remunerado para homossexuais e afins, como se a capacitação de uma pessoa pudesse ser avaliada por sua opção sexual e não mais por sua competência. Este tipo de politicagem está se alastrando em nosso país, com um fortíssimo apelo midiático e governamental, querendo nos enfiar goela abaixo o PLC 122/06 que prende de 2 a 5 anos quem se recusar a alugar ou vender o seu apartamento para um travesti, averiguado em seu artigo sétimo, como se não pudéssemos fazer o que quisermos com o que é nosso.

   Desde que inventaram a palavra “Homofobia”, nenhum homossexual pode mais morrer nem de infarto, excluem-se todas as possíveis causas das mortes e prontamente as qualificam de “homofóbicas”.

   A Ditadura do Homossexualismo vem emboscando nossa sociedade e encurralando também nossas crianças. Quem for contra é imediatamente chamado de mentiroso, entretanto, podemos constatar nos itens 1.1.1, 1.1.2, 1.3.1, 1.4.6 e 1.2.20 do Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos LGBT, que fica claro a intenção de ensinarem a nossos filhos inclusive durante sua alfabetização baseada na desconstrução da heteronormatividade, com livros e programas sobre a didática de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais nas escolas de primeiro grau.

   Diante desta nova descoberta, resolvemos elaborar projeto de lei que impeça estes crescentes absurdos, pois cabe a nós vereadores legislarmos sobre a educação do ensino fundamental. Caros colegas de função que defendem os valores da família, chamo a atenção e peço encarecidamente que proponham projetos similares em seus municípios e se forem votados em plenário, peço para que solicitem verificação nominal para que os eleitores possam saber quem são os defensores das imoralidades que tentam embaralhar a cabeça de nossos filhos e netos. 

   O projeto de lei 1082/2011, apresentado por mim na Câmara Municipal do Rio de Janeiro para apreciação possivelmente servirá de molde para que os senhores junto com as famílias de bem, impeçam esta nova covardia que querem fazer com nossas crianças. 

  Estou à disposição em meu gabinete para conversar com os senhores sobre o assunto, nos telefones (21) 2262-0535 e (21) 3814-2128 ou no e-mail; vereadorcarlosbolsonaro@gmail.com. 

Atenciosamente, 

Vereador Carlos Bolsonaro (PP-RJ)
Twitter: @VerBolsonaro

35 comentários:

  1. Ditadura Gay, o mito que vocês homofóbicos estão fortalecendo é tão questionável... Me digam os senhores, como seria uma democracia gay então, daí estão de acordo?

    ResponderExcluir
  2. não existe democracia gay. Democracia é para todos. sem dividir as classes.

    ResponderExcluir
  3. família do inferno

    bando de gente falsa moralista e hipócrita!!

    vão ajudar as pessoas ao invés de incentivar mais violência!

    ABUTRES!!!!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Vereador Bolsonaro, cú só é critério de competência na Rede Globo e nos puteiros do submundo. O Brasil é muito mais do que esta politicagem nojenta de favorecer pequenas classes em troca de verbas e votos. Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  5. Sou homossexual e concordo plenamente com Bolsonaro. Minha competência nada tem a ver com minha opção sexual. Vergonha na cara é o que falta para os oportunistas grupos LGBTs.

    ResponderExcluir
  6. Tem meu total apoio. Educação sexual se aprende em casa e não nas escolas. Grupos gays querem é grana! Colocar rebolado como critério de competência é o mais puro sinal da pilantragem e malandragem, pois uma pessoa que coloca sua sexualidade acima de sua capacidade intelectual é digna de ser qualificada inferior a um rato. Brasil, venceremos!

    ResponderExcluir
  7. A democracia gay seria a democracia com leis de proteção para todos e não só uma lei específica protegendo gays apenas ou negros, ou índios...Se as leis funcionassem neste país, teriamos ditadura plena, onde as leis seriam para todos e não para grupos como se vem fazendo. Usam leis para se reforçar mais ainda a homofobia e os preconceitos e formação de guetos de negros, guetos de homossexuais, de indios e a separação destes fica mais gritante na sociedade e sendo assim, não são considerados como cidadãos comuns e sim especiais como os portadores de necessidades especiais que precisam de leis para que seus direitos sejam garantidos...Mas acredito, que os negors, homossexuais, índios etc...são tão capazes que os brancos ou os ditos normais de pensar, agir e se defender, a incapacidade dos individuos especiais é orgânica e tem seus limites...

    ResponderExcluir
  8. Correção no lugar de ditadura seria democracia...

    ResponderExcluir
  9. Apoie o Projeto de Lei de iniciativa popular Politicos sem Sigilos. Visite nosso site www.politicossemsigilos.wordpress.com.
    Sua colaboração é valiosa
    Brasil, juntos somos fortes!

    ResponderExcluir
  10. Em reportagem no G1, o Grupo Gay da Bahia (GGB) desmonta a farsa da “onda homofóbica”:

    “Em todo ano passado [2010] foram 11 assassinatos por motivação homofóbica.” (11 de 260 é 4%) , no G1: http://tinyurl.com/3p95reg

    Isto coloca um fim na tal “onda de homofobia” que supostamente assolaria o Brasil, e de que os 260 gays teriam sido assassinados exclusivamente por serem gays, em 2010.

    Muitos dos assassinatos de homossexuais não têm motivação de ódio, e o Grupo Gay da Bahia revela isso:

    “Em muitos casos, os autores dos homicídios são os acompanhantes das vítimas.” (GGB via G1; isto é, gays que matam gays.)

    Aqui tem um site que contesta os relatórios de ativistas gays, e mostra as FONTES, e com números mostra como ocorrem muitas destas mortes, crimes passionais, companheiros de sexo casual, garotos de programa, etc, além dos dados de 2011, tem até mesmo os dados do GGB, para 2001 e 2004:

    http://homofobianaoexiste.wordpress.com

    Existe preconceito? Sim, mas não como ativistas gays pintam na mídia. Lembrem-se que em média morrem 50.000 brasileiros por ano, pelos mais variados motivos.

    ResponderExcluir
  11. senhores, creio que suas intenções de ir contra o kit gay é atrativo mais por gerar popularidade do que qualquer outra coisa. Além disso, creio tambem que o deputado Bolsonaro esteja um tanto equivocado em suas afirmações pois a tese de que o meio exerce função sobre as espécies (teoria Lamarckista) seja homem ou qualquer outra, ja foi a muito tempo desconciderada.
    Ainda falta levar em conta a tal politica de ordem militar no ambito da formação do indivíduo que ele tanto defende para o fim do homosexualismo. Ora será que o deputado nunca escutou falar sobre a militancia dos homens de esparta? pois eu a falarei, a indicios de que a sociedade mais militar da antiguidade possuissem relações homossexuais, e isso veja bem, na antiguidade.
    sendo assim por favor consultem mais os livros e nao a camara para proibiçoes

    ResponderExcluir
  12. O homossexuaLISMO virou uma política de Estado. Pai, mãe, caso vcs não queiram que sua família seja doutrinada para adesão ao homo/bissexualismo tens homofobia (seja lá o q isso ker dizer), caso se atreva a reclamar serás considerado FACISTA! OU O BRASIL ACABA COM O PT OU O LGBT ACABA COM NOSSAS FAMILIAS! VEJA => http://t.co/sxTXbv1

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. é FAZER ABAIXO ASSINADO, com a população participando, essa é a maneira SEGURA do PT ter uma oposição forte, pois a oposição la no Congresso pelo que tenho visto não existe ja que os lá estão ,um bando de maioria vendida, a militância do pt tem uma grata maioria gays. ABAIXOS assinados para tudo o que fôr feito no subterrâneo da justiça e TEM DE HAVER UMA GRANDE MAIORIA PARTICIPANDO, pois é assim que o pt age buscando a paixão populista, sem reflexão, sem . A MAIORIA da população não é homofóbica, APENAS quer ser DITATORIADA POR UM BANDO DE NARCISOS, que querem fazer do poder a SUA CASA.DÊ uma chance a um desses narcisos e teremos um ditador igual ao da LÍBIA, ficando 45a no poder apenas para gratificar o seu ORGULHO. Os gays são narcisos que só querem o espelho da água para verem eles mesmo refletidos, É O PIOR DO EGOÍSMO, É O EGOCENTRISMO, uma minoria, querendo ditar ORDENS para a maioria. PANFLETAGEM, E ABAIXO ASSINADOS, para os que são contra e eu me incluo.

    ResponderExcluir
  15. No PL apresentado pelo verador aparecem os termos "Diversidade sexual" e "Homoafetividade". Achei, no mínimo, curioso, já que nunca vi o vereador utilizar essas expressões em seus posts no twitter, onde costuma dizer "opção sexual", "homossexualismo", etc...

    ResponderExcluir
  16. Muito obrigado, agradeço por você está indo contra a esse massa contra a família.

    ResponderExcluir
  17. Firme e forte Sr deputado! É isto o que desejamos ao Sr na luta contra esta intenção de imposição dos gays em nossas famílias. E uma dica , não participe de programas televisivos em que os mesmos já se preparam para que o Sr fique em desvantagem no diálogo, pois é grande o número de gays na direção dos meios televisivos e eles tentarão transmitir a vossa imagem de uma pessoa homofóbica e retrógada. Eu e minha família sabemos que o Sr está lutando contra a deteriorização da família brasileira.

    ResponderExcluir
  18. Ótimo trabalho Bolsonaro, o homossexual tem que ser respeitado não pela sua condição de homossexual mas sim pela sua condição de ser humano. Essa historia de querer influenciar os filhos dos outros por um grupo que não pode ter filhos é intolerável e repulsivo.

    É chamado de ditadura gay, porque hoje se qualquer um falar contra o homossexualismo há um grupo financiado pelo governo que faz perseguição a essas pessoas, tanto é que não há sites que falam contra a pratica homossexual, pois vai la esse grupo e entra com processo falando que é incentivo a violência.

    O homossexuais querem privilegios eles não aceitam que sua condição de homossexual seja uma doença, mas querem beneficios de pessoas doentes. Sua condição não é uma raça, mas querem os beneficios de outras raças. Homossexual não é mulher, mas querem os beneficios das mulheres.

    São pessoas mesquinhas que hoje em vez de guardar a sua sexualidade no armário, guardam a falta de escrúpulo.

    ResponderExcluir
  19. Família de politicos preconceituosos, racistas, sexista, misóginos e homofobicos, representantes da intolerância e do atraso, uma vergonha para o Congresso e para o Brasil.

    ResponderExcluir
  20. PARABÉNS A FAMÍLIA BOLSORANO!
    ESTOU CADA VEZ MAIS CÉTICA COM O FUTURO DO BRASIL! USAR O DINHEIRO PÚBLICO PARA EDITAR CARTILHAS DESSA NATUREZA E DISTRIBUIR A CRIANÇAS, QUE NÃO TEM AINDA CAPACIDADE DE DISCERNIMENTO PARA ENTENDER O QUE ESTÁ ACONTECENDO É O FIM!
    POR QUE NÃO UTILIZAM PARA UMA EDUCAÇÃO SÉRIA SE É COM EDUCAÇÃO QUE SE CONSTRÓI UM PAÍS? PORQUE NÃO HÁ EVIDENTE INTERESSE NISSO.
    CADA UM TEM O DIREITO ÀS SUAS OPÇÕES DE VIDA MAS NÃO PODEM OBRIGAR A UMA SOCIEDADE INTEIRA A ACEITÁ-LOS; E FAZER-SE DE VÍTIMA PARA REIVINDICAR PRIVILÉGIOS ABSURDOS SÓ MESMO NO brasil (COM LETRAS MINÚSCULAS MESMO)! ESSA PSEUDO DEMOCRACIA JÁ ULTRAPASSOU TODOS OS LIMITES POSSÍVEIS MAS O QUE ESPERAR DE UM DESGOVERNO CUJOS MEMBROS TEM UM PASSADO INDIGNO DE NOTA? SE O POVO BRASILEIRO NÃO DER,URGENTE E ENFATICAMENTE, UM BASTA NISSO TUDO, LOGO SERÁ TARDE DEMAIS. e TEM "GENTE" QUE, POR IGNORANCIA OU MALANDRAGEM, CONFUNDE LIBERDADE COM LIBERTINAGEM, "DEMOCRACIA" COM BAGUNÇA. FALTA DE EDUCAÇÃO E RESPEITO ESTÁ SE TORNANDO O RETRATO VIVO DA SOCIEDADE BRASILEIRA. ATÉ QUANDO?
    AINDA HÁ TEMPO DE "VIRARMOS" ESSE JOGO SUJO QUE ESTÃO NOS EMPURRANDO. VAMOS ACABAR COM ESSA CORRUPÇÃO QUE ASSOLA ESTE PAÍS, ESSES DESMANDOS QUE VÃO ACABAR NOS JOGANDO NO FUNDO DO POÇO.
    ACORDA, BRASIL, ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS!
    Gilse Rose

    ResponderExcluir
  21. na minha opiniao de estudante de ensino médio e com 17 anos.A questão de se adotar uma criança entre homossexuais não é problematica no contexto de ela ser criada por homossesuais, o problema se deve ao fato da sociedade apedreja-la por isso. Não creio na necessidade de cartilhas anti homofobia mas de uma educação conscistente que evite preconceitos. nao sou nem de acordo e nem a favor a essa tal família Bolsonaro, mas a enfática atenção que se tem dado a esses assuntos é ridícula em vista de assuntos tão mais importantes e que são esquecidos como a adoção da lei da ficha limpa pelo senado em relação a atros corrupção existente,ou atitudes em prol dos 16,27 milhões de brasileiros que vivem em extrema probreza. Enfim,existem tantos assuntos polemicos mais importantes, porque nao falar de reforma agraria ou politica, ora porque é muito mais facil alcançar assuntos que simplesmente dao júbilo a midia

    ResponderExcluir
  22. O homossexual antes de mais nada é um infeliz que precisa ser ajudado; se percebe isso pelo tom violento e agressivo da Raquel que postou um comentário com xingamento e desrespeito aos que têem opinião contrária a dela que provavelmente é uma lésbica. Uma criança nasce de uma vagina apartir do intercurso sexual de um pênis. Então uma sociedade só continua sua descendência se houver a união de homem e mulher. Bebês não são gerados no intestino e nem nascem de um ânus, nascem de uma vagina e são gerados num útero!

    ResponderExcluir
  23. Parabéns Vereador Bolsonaro contra os kits gays

    ResponderExcluir
  24. para bens, Jair Bolsonaro Desejo te ver como PRESIDENTE da republica CONTINUA sendo sincero e honesto[Por que se Você não foce HONESTO já estaria cassado o seu mandato] luta pelo nossos direito por que o que podemos é só votar e depois muitas vez nem vemos falar mas no candidato em que votamos, Só vemos de 4 em 4 anos

    ResponderExcluir
  25. Parabens Bolsonaro pela luta anti opressão gay , isso é uma vergonha !
    Um governo federal duvidoso , com um ministro caindo quase que por mes .
    Brasil acima de tudo !!!

    ResponderExcluir
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  27. PARABÉNS! PRECISOU UM PARTIDO DA DIREITA PARA MOSTRAR OS ABSURDOS FAVORECIMENTOS POR LEIS COMO AS DE CRIMINALIZAÇÃO DA HOMOFOBIA. ESTAS LEIS QUE FEREM A CONSTITUIÇÃO, COMO PRECEITOS QUE TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI, SEM DISTINÇÃO DE QUALQUER NATUREZA,ENTRE OUTROS.

    OBRIGADA DEPUTADO! POR CONTRIBUIR COM A VERDADE, QUE ATRAVÉS DE SUAS FALAS, REPRODUZEM O QUE A FAMÍLIA BRASILEIRAS, EM SUA MAIORIA PENSAM DE VERDADE. O POVO BRASILEIRO DE BEM, NÃO CONCORDA COM ESSAS POLÍTICAS!! UMA PROVA DISSO FOI O PRÓPRIO BBB, QUANDO ESCOLHERAM DOURADO, COMO MERECEDOR DO PRÊMIO!

    PARABÉNS!! DESEJO AO NOBRE DEPUTADO E A TODOS OS SEUS UM FELIZ 2012!!!

    7 de janeiro de 2012 10:54

    Postar um comentário



    Links para esta postagem
    Criar um link

    ResponderExcluir
  28. Toda essa sub-espécie impostora, mal-avinda e fracassada, sente-se no direito de tecer comentários de baixo calão, dada a pobreza interior generalizada, encontrando prazer em visitar este e outros sites, apenas para despejar o excremento fecal que lhes sai da boca.

    É pena que não sobre tempo nem folego, por parte de gente honesta, como a família do Bolsonaro para sondar e desvelar o que há em vossas entranhas, "mulherzinhas de merda" (incluídas quaisquer aberrações sexuais e de caráter), mal amadas, de SEXO EXPLICITAMENTE FRACO OU AUSENTE que, obviamente, não conhecem (e certamente nunca conhecerão) qualquer chispa do que venha ser verdadeiro ou honesto em questões de valores familiares ou sexuais.

    Não tarda até que o vosso modo vil e malévolo de pensar e agir há de vos devorar por onde sois mais ávidas e perniciosas: que é em vossa infertilidade pegajosa, oriunda apenas de entranhas estéreis e putrefatas.

    Que a espécie decline, a depender de bandidas de randevu e congêneres.

    ResponderExcluir
  29. aff da ódio de vcs, preconceituosos :/

    ResponderExcluir
  30. "desconstrução da heteronormatividade" ? Mas que bonitinho!- a família Bolsonaro acredita que todas as crianças são heterossexuais ? - Não é ingenuamente bonitinho ?!

    ResponderExcluir
  31. É... pelo que vejo, aos Bolsonaro e a seus seguidores sobrou tapas e faltou ensinamentos...

    ResponderExcluir
  32. Os gays tão precisando tomar uns "tapinhas" e ver se vira alguma coisa ou desaparece!

    ResponderExcluir
  33. Total apoio a família Bolsonaro !! Muito obrigado por lutar contra a degradação da sociedade Brasileira.

    ResponderExcluir
  34. Caro Carlos Bolsonaro,

    Independente de suas ideias (que você mesmo sabe serem retrógradas o bastante pra garantirem a construção de um personagem conservador o suficiente para cativar um eleitorado pequeno mas fixo) não pude deixar de notar que seu texto é muito ruim. Você escreve terrivelmente mal, e perversamente tenta criar uma atmosfera de lógica aristotélica que convence à uma leitura superficial mas se desmonta sob um olhar cuidadoso. Essa, perdoe a sinceridade, é a marca do político incompetente.
    Garanto que metade do seu público leitor não sabe o que é "heteronormatividade", e com isso você impressiona muita gente, mas o fato é que qualquer pessoa mais lida entende que a inclusão da ação 1.2.20 na lista "itens que desmentem serem as escolas de 2° grau o alvo inicial da temática LGBT" é completamente sem sentido. Não falo aqui de sentido político, mas meramente de sentido textual. O próprio nome dessa tabela, aliás, é absurdo. E desde quando temáticas tem alvo? Péssima escolha de sujeito para sua frase.
    Quanto a reclamação a respeito do item 1.1.2, o que dizer? Agora então os gays tem que ser necessariamente analfabetos? Acho que essa bandeira é difícil de ser defendida mesmo no contexto conservador das suas outras afirmativas.
    Quanto ao item 1.4.6, enquanto estudante de literatura que trabalhou dois anos na Cátedra UNESCO de Leitura, é meu dever informar-lhe muito difícil que uma biblioteca infanto juvenil consiga se sustentar se não tiver livros que abordem a temática de gênero. Ficaria ela às moscas. Desde Ana Maria Machado até Pedro Bandeira, a maior parte de nossos escritores infanto-juvenis toca no assunto.
    Enquanto cidadão do Rio de Janeiro e, portanto, ser humano a ser representado na Câmara pelo Sr. Bolsonaro, peço para que o senhor mantenha niveis mínimos de lógica, bom senso, conhecimento de contexto e coerência textual para que eu e as outras pessoas possamos entender o que o senhor escreve, mesmo que discordando redondamente do teor do texto.

    grato pela paciência,

    BRENO GÓES, estudante de Letras da PUC- Rio

    ResponderExcluir