sexta-feira, 14 de junho de 2013

BANDIDOS PARTIDÁRIOS POLÍTICOS DESTROEM E AMEAÇAM SOB FALSO PRETEXTO DE PROTESTAR CONTRA AUMENTO DE PASSAGEM DE ÔNIBUS.



Seria inocência acreditar que “estudantes” mascarados que escondem seus rostos , realizam "protesto" com coquetéis Molotov na luta por redução nos valores da passagem de ônibus, ou que agora, resolveram reagir indignados com os excessos de desacertos governamentais agredindo jornalistas e depredando patrimônios públicos e particulares. 

Boa parte da imprensa tem mostrado à ligação destes bandidos com partidos políticos como PSOL e PSTU. 

Tanto a União Nacional dos Estudantes (UNE) quanto agora, a ONG Passe Livre, principais organizadores dos quebra-quebras em várias capitais do país recebem fortunas anuais de dinheiro público e quando realmente têm que ir às ruas se manifestarem, como nos casos do Mensalão, Erenice Guerra, Falso Dossiê do PT contra o PSDB, o Caso Rosemary, o assassinato do Prefeito Celso Daniel, envolvimento de mais de oito ministros em escândalos de corrupção e tantos outros, nada fazem, pois caso contrário perderão a “boquinha” que mantêm as farras e orgias de suas organizações. 

Que sentido existe em estudantes que nem pagam passagem fazerem protesto por redução de alguns centavos no transporte público? Em sua grande maioria são filhinhos de papai, que comem polenguinho no café da manhã e se alimentam de folhas de 5 pontas antes de deitar na cama quentinha que seus pais tanto trabalham para proporcionarem-lhes todo conforto possível. 

Contra fatos não há argumentos. O comportamento dos politicos do PSOL tanto em Brasília quanto na cidade do Rio de Janeiro foram exatamente orquestrados e direcionados a partir do momento em que a imprensa descobriu a influência deste partido nas manifestações que destroem nossa cidade. 

Orientados por políticos a promoverem a desordem como mostra a foto abaixo, os baderneiros revolucionários podiam estar trabalhando ou estudando, mas como de praxe, não o fazem, vivem de ameaçar governos e os covardes governantes se rendem a seus barulhentos e destrutivos “protestos”, ou seja, compram com o nosso dinheiro o silêncio da UNE e da ONG Passe Livre. 

clique na imagem para ler o que um deputado do PSOL escreveu em seu twitter sobre o assunto.

"Mas não vamos ser preconceituosos, vamos acreditar que os Cara-Pintadas estão de volta, ou melhor, que sempre existiram… Pobre Brasil, não vai apenas mal das pernas, mas pior, vai de falência multipla dos órgãos." 

Deixemos claro que não apoiamos o aumento do valor de um serviço que pessimamente é oferecido e não somos contra manifestações pacíficas neste caso, mas sejamos honestos e saibamos com que tipo de "democratas" estamos lidando ao analisarmos este quadro de depredação promovido por alguns.

Na história nada se cria, tudo se copia, e o quadro político que se forma é muito parecido com o ocorrido em 1964.

. Durante entrevista em 2012, Bolsonaro já se posicionava contra o aumento das passagens de ônibus. http://goo.gl/6p5hq

Pessoas de bem, não se enganem, continuemos nossa batalha.

Um grande abraço, Vereador Carlos Bolsonaro (PP-RJ)

15 comentários:

  1. era nítido as imagens ao vivo das bandeiras do pstu na televisão

    ResponderExcluir
  2. Bom, e esse protesto em si não ataca o governo PT? Qual seria o objetivo desses possíveis organizadores se, como falado no post, eles são aliados do partido atingido?

    ResponderExcluir
  3. Eu fico abismado com a quantidade de falácias que vocês são capazes de produzir. O movimento passe livre nunca recebeu um centavo que seja de partido algum, até o carro-de-som é pago com contribuições voluntárias feitas na hora. O movimento é também APARTIDÁRIO, sendo que a presença das bandeiras é desencorajada. Ademais, o movimento repudia qualquer ato de vandalismo. Informem-se antes de acusar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A ONG Passe Livre não recebe recursos do Governo? Acho que está faltando leitura para você, meu amigo. Segue link que fala sobre o assunto que inclusive está anexado na matéria acima. Santa ignorância. Sem mais. http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/06/1294136-associacao-que-criou-site-do-passe-livre-tem-convenio-com-o-governo.shtml

      Excluir
    2. Ignorância da sua parte em não saber nem mesmo do funcionamento do mecanismo para registro de um domínio. A entidade Alquimídia faz registro de domínios e hospedagem de sites para qualquer um:

      http://alquimidia.org/alquimidia2/?mod=pagina&id=3262

      até para você, se quiser.

      Excluir
  4. Ao ler o comentário de Marcus Vinícius Martins Meneses, fico pensando... Será que o que vi na ruas, as camisas e bandeiras partidárias, o quebra-quebra promovido por mascarados escondendo seus rostos e as matérias de jornais que mostram a captação de recursos públicos por parte da ONG Passe Livre foram na verdade fatos ocorridos em Marte?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As matérias falam da captação de recursos pela entidade mantenedora do domínio. Vá se informar corretamente.
      Mas uma dica: a entidade mantenedora do domínio poderia ser baseada em marte, se isso fosse possível. ;)

      Excluir
  5. O que me interessa se tem bandeiras de partidos ou organismos recebendo do governo?!?!?!?!? O que me interessa é que essa passagem de ônibus tem que diminuir! E só isso interessa! Não desfoquem o assunto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DANIEL SE VC NÃO E CAPAZ DE PAGAR 0,20 CENTAVOS A MAIS LHE SUGIRO QUE ANDE A PÉ E ASSIM MELHORE SUA SAUDE

      Excluir
  6. Fico impressionado com a burrice dos críticos ou com a má vontade em ler a matéria. Bolsonaro é claro que é contra aumento das passagens, legitima protestos, identifica os políticos que estimulam o quebra-quebra e chama de bandido quem destrói, como aponta o próprio Código Penal. Logo, quem discorda de Bolsonaro, nesse ponto ou não sabe ler, ou é do PSOL ou é bandido mesmo ou é tudo isso junto! Simples assim!

    ResponderExcluir
  7. Eita, gente ignorante e falaciosa! O movimento é 99% apolítico! No protesto de ontem, por exemplo, os palhaços que levantavam bandeiras de partidos como o PSTU eram constantemente vaiados, e gritos de ordem para que baixassem a bandeira eram dados constantemente. Houve até momentos de confusão e briga por pessoas que tentaram arrancar as bandeiras das mãos de seus portadores à força. Os caras se metem lá no meio e levantam suas bandeirinhas para manipulados cegos como vocês vomitarem besterias semelhantes e acharem que o movimento é partidário!

    ResponderExcluir
  8. Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  9. o deputado Bolsonato assinou a pec 37? Acabei de ler um post

    ResponderExcluir