terça-feira, 10 de maio de 2011

CARLOS BOLSONARO FOI O PRIMEIRO VEREADOR À ABRIR MÃO DO CARRO OFICIAL COMPRADO PELA CÂMARA.


A Imprensa entra em campo para divulgar os nomes dos vereadores que se negaram e dos que gostariam de obter os novo carros oficiais a serem utilizados pelos edis. O modelo será o Novo Jeta da Volkswagen que custará aos cofres públicos cerca de R$ 70 mil cada. 

Esclarecemos que o Vereador Carlos Bolsonaro (PP-RJ) foi o primeiro parlamentar da Câmara Municipal do Rio de Janeiro à se manifestar oficialmente sobre o assunto, abrindo mão do referido veículo, já no dia 17 de março de 2011, como mostra o documento com protocolo de entrega abaixo. 


 (CLIQUE NA IMAGEM PARA VISUALIZAÇÃO AMPLIADA).


Seguem abaixo matérias de jornais que colocam o vereador Carlos Bolsonaro entre os que abriram mão do veículo oficial.

. OGLOBO: (09/05/2011): http://glo.bo/ikwx4M

Muitos meios de comunicação estão divulgando os nomes dos vereadores que abriram mão e dos que não abriram mão dos veículos oficiais comprados pela Câmara, entretanto, cremos, que muitos deles na ânsia de divulgar a informação, acabam se esquecendo de alguns parlamentares na lista dos que NÃO UTILIZARÃO O CARRO OFICIAL. 

4 comentários:

  1. A familia bolsonaro é e sempre será um exemplo de políticos ´[integros . Vcs são a esperança do nosso povo.
    Obrigado

    ResponderExcluir
  2. Olá sr. Bolsonaro, antes de tudo, gostaria de dizer que desde pequeno aprendi a admirar sua família: meu avô foi à segunda guerra mundial e sempre me disse de seu pai como um corajoso defensor da sociedade e dos militares.

    Recentemente, com o crescimento de sua família na mídia, tenho admirado ainda mais a postura e coragem ao dar voz aos incontáveis "inaudíveis" da população.

    Acredito ser muito importante numa democracia a pluralidade de pensamentos. Parabéns.

    Me chamo Bruno Almeida e sou jornalista. Estou aqui porque trabalho para um site, Etc.e.Tal , com enorme acesso predominantemente de jovens, e é aonde tenho percebido muita aceitação deles para com os ideiais de sua família; gostaria de saber se, por meio de sua assessoria, através de e-mail, poderia fazer uma pequna ligeira entrevista com o senhor, para propagar a verdadeira faceta destas novas leis vigentes no nosso país.

    Há a possibilidade? aberto a sugestões

    Bruno Almeida

    81797324

    ResponderExcluir